HomeBerçosBerços antigos: como os bebês dormiam através da história
816639

Berços antigos: como os bebês dormiam através da história

A primeira coisa que pensamos quando a chegada de um bebê está próxima é o berço. Afinal, o local em que o pequeno dormirá é muito importante, e esse sentimento é instintivo. Prova disso é que as primeiras referências históricas de berços antigos datam de milhares de anos, e variam muito quanto à forma e material empregado para sua construção.

Os primeiros relatos de berços antigos registrados são do Egito Antigo, feitos de junco e tecidos, ou esculpidos em troncos. Já para os bebês-faraós, madeira provenientes do Líbano e da Sicília como o cedro e ébano, com incrustações em marfim e painéis de ouro em relevo.

Antes que as colônias fossem estabelecidas por europeus, os nativos americanos embalaram seus bebês em uma multidão de estilos diferentes, quase tão diversos quanto nossos berços modernos do bebê. Havia berços de casca, berços de pele, berços de lattice, de cestos e muitos mais. O estilo mudou com a geografia da tribo e foi influenciado pelos materiais disponíveis para construção.

Berços antigos como conhecemos datam de 1600

Os primeiros berços antigos produzidos nos moldes que conhecemos datam de aproximadamente 1600. Eram geralmente feitos em madeira, entalhados à mão, e por isso mesmo, reservado às famílias mais abastadas da época. A durabilidade, resultado do emprego de materiais nobres e confeccção artesanal, permitia que um mesmo berço passassem por várias gerações de uma mesma família. Às classes menos favorecidas, o emprego de cestos adaptados  para os bebês dormirem ainda era o mais comum.

Este berço é um exemplo do mobiliário de luxo que foi feito na Ásia por volta de 1700. Seu design é europeu, mas o marceneiro indiano usou materiais orientais, como ébano e marfim. A decoração não consiste em motivos florais, como era costume para móveis, mas sim figuras hindus, como o makara, uma criatura mítica semelhante a um peixe.

berços antigos

Já este modelo data da segunda metade do século XVII e pertenceu ao príncipe português D. Carlos, filho de Maria Pia e D. Luis. Foi totalmente restaurado e hoje está em exposição no palácio nacional de D. Luís e D. Maria Pia, em Portugal. Com estrutura em madeira nobre e cortinas em tule bordado à mão, o berço em formato oval era moderno para a época, e seu design permanece até os dias de hoje como opção de berço diferente para as mamães mais ousadas.

berços antigos

O berço abaixo é um dos mais famosos do mundo: foi encomendado por Napoleão Bonaparte para seu único filho legítimo. Foi produzido em 1811 por Odiot e Thomire, para ser usado nas Tulherias, no Louvre. O berço foi produzido em mogno e, as ornamentações em bronze foram feitas por Thomire – o melhor fabricante francês. As placas do berço representam as esperanças de Napoleão em relação ao seu único filho. Em um dos lados estão representados o rio Sena e as armas de Paris. E do lado oposto o rio Tibre e as armas de Roma – o duplo império que Napoleão almejava deixar. Na cabeceira e nos pés, observam-se as figuras representando a paz e a justiça. O berço encontra-se hoje em Viena e é um dos mais belos exemplos do mobiliário francês produzido no Primeiro Império de Napoleão.

berços antigos

Este também é peça de museu: batizado de Rubi Luxist, o berço do século 18 do bebê é entalhado em madeira maciça, coberto em ouro e definido com mais de 2.000 pedras preciosas, incluindo diamantes, rubis e esmeraldas. Está atualmente em exibição em Tóquio em uma exposição especial que inclui cerca de 140 outros tesouros antigos do Império Otomano (que veio antes da República da Turquia).

berços antigos

Berço feito em carvalho com painéis, decorado com ébano, produzido entre os anos de 1620 a 1650. Em exposição no Rijksmuseum, em Amsterdã.

berços antigos

Já este modelo é um autêntico representante do periodo renascentista da  Toscânia, Itália, datado de 1570. Feito de noz cinzelada, está em exposição no museu de arte da Philadelphfia, cidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos.

berços antigos

Leia mais:

– Os berços mais caros do mundo e suas peculiaridades

– Berço Inteligente: projetos de alta tecnologia pipocam pelo mundo

– Fofinhos, só que não. Veja nossa seleção de berços bizarros

Compartilhe:
Classifique este artigo

Berço é um bate papo diário sobre o mundo da maternidade! No nosso blog, você encontra dicas e curiosidades sobre berços de todo o mundo, inspirações para decorar o quarto de bebê e avaliações completas dos produtos. Nosso intuito é te ajudar e inspirar na hora de escolher os móveis e a decoração do cantinho mais especial da sua casa!

redacao@berco.com.br

Comentário
  • seu artigo é muito interessante. Por favor vc pode me indicar as referências para escrevê-lo?

    15 de abril de 2018

Deixe um comentário